terça-feira, 8 de agosto de 2017

Comida Peruana- Quais as melhores escolhas de Vinhos?

Resultado de imagem para ceviches diego munozResultado de imagem para ceviches diego munoz

Em culturas onde o vinho não faz parte da gastronomia a 100% torna-se dificil combinar vinhos fora do "Terroir".
No entanto o que de melhor tem a Gastronomia é que inclui já os vinhos nela. Por esse motivo, é sempre dificil, mas não impossivel combinar comidas de outros paises sem cultura vinica com vinhos de cá.

Falamos neste momento de Comida Peruana.
Ceviches, ceviches, muita acidez, frescura, aromas mais intensos em alguns casos, algum picante.
Quais os vinhos?
Temos que tentar ir por intensidades e um pouco pelo Terroir Gastronomico.
Se o habito é acompanhar com a bebida do Pais, o Pisco, onde pode ser simples, com gelo ou Pisco Sour. Temos acidez, frescura, algum amargo.

Em relação aos vinhos, os brancos podem ser a solução. Brancos de regiões mais frias, brancos de regiões junto ao mar.
Acidez, mineralidade e frescura fazem parte da "coluna vertebral" destes vinhos.

Escolha vinhos da região dos Vinhos Verdes, Bairrada,Beiras, Lisboa ( junto ao mar), Setúbal e das ilhas, principalemente do Pico.

Mas eu só bebo tinto!!!!
Para este caso temos algumas sugestões. Mais dificil, mas pode funcionar.
Ter sempre em atenção as temperaturas e o copo nestes casos.

Tintos sem madeira:
"Baga" em Anforas
"Trincadeira Preta" sem madeira
"Castelão" sem madeira de regiões junto ao mar
"Rufete" de regiões de altitude.

Experimentem sair da zona de "conforto" e escolham as vossas harmonizações...


Livros de Vinhos para "Degustar" no Verão

Venho deixar algumas dicas de Livros para Degustar no Verão.
Livros com historias do vinho.
Livros um pouco mais técnicos.
Livros que nos transportam para dentro das Adegas.
À Descoberta do VinhoBarca Velha - Histórias de um VinhoResultado de imagem para livros de vinhos
Resultado de imagem para livros de vinhosResultado de imagem para livros de vinhosImagem relacionadaResultado de imagem para cada garrafa conta uma história

2012, LUIS PATO VINHA FORMAL, BAIRRADA VINHO BRANCO


aspecto limpo, cor amarela suave, lágrima suave
aroma limpo, jovem, intensidade média
aromas minerais, frescos, citrinos,toranja, notas minerais, alguma salinidade mas ligeira, maresia.
Sabor seco, acidez presente, alcool suave, corpo médio, mineral e ligeiro floral/vegetal, final persistente e refrescante.

Excelente vinho que melhora com o tempo!!!

Iguarias: Bacalhau assado na brasa com batata a murro e esparregado; secretos de porco preto grelhados na brasa com cenouras salteadas e migas; robalo grelhado com legumes ao vapor; ceviches;

Copo: riedel Sauvignon ou Schott Ivento Branco